I n í c i o arrow I n f o r m a t i v o s · M é d i c o s arrow Dor Na Coluna Lombar
17 de agosto de 2018
Menu Principal
I n í c i o
O · P r o f i s s i o n a l
I n f o r m a t i v o s · M é d i c o s
S e m i n á r i o s · M é d i c o s
Info. às Pessoas Portadoras de Deficiência
E S P E C I A L : B I O É T I C A
W e b · L i n k s
E n t r e · e m · C o n t a t o
B u s c a r · n o · S i t e
Login
Nome de Usuário

Senha

Lembrar login
Esqueceu sua senha?
Usuários Online
 Nós temos 38 visitantes online
Dor Na Coluna Lombar Imprimir E-mail
Autoria de Dr. Luiz Gonçalves Pinto   
24 de agosto de 2006

         histórico e o exame físico do paciente com dor na coluna lombar são básicos para o diagnóstico correto. As radiografias e outros exames subsidiários devem ser realizados somente após a feitura dos mesmos. Isso porque existem indivíduos que não apresentam nenhuma doença ou sintoma, mas se for feito um exame de imagem como Tomografia Computadorizada ou Ressonância Magnética, poderá mostrar alterações anatômicas de hérnia de disco em cerca de 20 a 30% dos casos, principalmente em pessoas idosas.

         A coluna lombar é sede de várias doenças como metástases tumorais, leucemia, espondilite anquilosante, anemia falciforme e outras.

         Em certas doenças a dor é referida na coluna lombar mas a doença está na verdade localizada no abdomem, como no caso de algumas úlceras pépticas, pancreatite, cálculo renal, colecistite, inflamações pélvicas e alterações da próstata.

        Igualmente, doenças localizadas no quadril e na articulação sacroilíaca poderão ocasionar dor na coluna lombar.

        Doenças como a Escoliose não provocam dor nas crianças, e se isso ocorrer devemos pensar na possibilidade de uma lesão tumoral ou infecção.

        Também a queixa de dor lombar poderá estar relacionada à vícios posturais, insatisfação no trabalho, problemas emocionais como a depressão e compensações trabalhistas.

        A dor lombar acompanhada de febre, emagrecimento e indisposição geral ocorre nas doenças tumorais e infecciosas.

        Nas pessoas com histórico de comprometimento do sistema imunológico, diabetes, infecção urinária e utilização intravenosa de drogas são freqüentes as infecções.

        É importante conhecer a causa de sua dor antes de começar a medicar-se.

Dr. Luiz Gonçalves Pinto
Ortopedista e Traumatologista
 
Última Atualização ( 28 de outubro de 2006 )
< Anterior   Próximo >
 
Desenvolvido por BLPilla