I n í c i o arrow I n f o r m a t i v o s · M é d i c o s arrow Doenças Profissionais: Prejuízo em Todos os Sentidos
23 de maio de 2018
Menu Principal
I n í c i o
O · P r o f i s s i o n a l
I n f o r m a t i v o s · M é d i c o s
S e m i n á r i o s · M é d i c o s
Info. às Pessoas Portadoras de Deficiência
E S P E C I A L : B I O É T I C A
W e b · L i n k s
E n t r e · e m · C o n t a t o
B u s c a r · n o · S i t e
Login
Nome de Usuário

Senha

Lembrar login
Esqueceu sua senha?
Usuários Online
 Nós temos 49 visitantes online
Doenças Profissionais: Prejuízo em Todos os Sentidos Imprimir E-mail
Autoria de Dr. Luiz Gonçalves Pinto   
23 de outubro de 2005
    m 1984, foi utilizado na Austrália o termo R.S.I. (Repetition Strain Injuries) e nos Estados Unidos o C.T.D. (Cumulative Trauma Disorders). Originados destes, no Brasil foram criados os termos L.E.R. (Lesões por Esforços Repetitivos), D.O.R.T. (Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho) e A.M.E.R.T. (Alteração Músculo-Esquelética Relacionada ao Trabalho), que servem para representar as doenças relacionadas a traumas cumulativos, ou seja, lesões ocasionadas por esforço, ocorridas principalmente pelo trabalho repetitivo.

    Esses termos são genéricos e agrupam várias patologias com sintomas em comum: dor em todo o braço, distúrbios do sono, estresse sócio-econômico, angústia e depressão. Sob o aspecto médico ocorrem inflamações em músculos, tendões e nervos, geralmente nos braços, ombros e pescoço.

Os 4 fatores principais:
  • Força excessiva;
  • Postura incorreta;
  • Repetitividade e
  • Vibração e Compressão mecânica.

    No entanto, características pessoais, problemas psicológicos e sedentarismo também são fatores que contribuem para o surgimento de tais patologias. Assim como o ambiente de trabalho e a prática de esportes.

Entre as diversas doenças estão
  • Tenosinovites estenosantes, mais comuns em diabéticos, puérperas e pós-menopausa;
  • Doenças inflamatórias como artrite reumatóide, gota úrica e lupus eritematoso sistêmico;
  • Neuropatias compressivas, sendo as mais freqüêntes a Síndrome do Túnel do Carpo e a Síndrome da Compressão do Nervo Ulnar no cotovelo;
  • Dor miofascial, que é uma síndrome pouco diagnosticada, caracterizando-se pela presença de pontos "gatilho" em grupos musculares cuja palpação reproduz a dor;
  • Fibromialgia, que é uma síndrome caracterizada por dores nos músculos e tecidos, mas não apresentando alteração laboratorial.

    Em sua maioria, as dores associam-se a fadiga e distúrbios do sono.

    Independente do sintoma, o diagnóstico e tratamento deverão ser realizados por um especialista.

Medidas Preventivas                                                                   
  Tipo de cadeira: O ideal é ter encosto e assento amplos e além disso, o encosto também deve ser reto, ficando os pés apoiados de maneira que os joelhos fiquem numa posição de 90º.
  No computador: Seus cotovelos devem ficar na altura do teclado ou da mesa. A linha superior do monitor de vídeo deve ficar no máximo na altura dos olhos, nunca acima. Use o mouse próximo ao teclado e o mais próximo do corpo. Faça uma pausa a cada 1 hora e, se puder faça exercícios de alongamento.
  No telefone: Evite girar o tronco para atender ao telefone e este deverá ser segurado com a mão e não apoiando ao ombro.

    Criar um ambiente de trabalho agradável, diversificar tarefas nas atividades de movimento repetitivo e evitar alongar a jornada de trabalho com horas extras.

    Em suma, para se lidar com L.E.R./D.O.R.T. é fundamental o diagnóstico precoce, intervenção rápida e principalmente fazer a prevenção.

Última Atualização ( 30 de abril de 2008 )
< Anterior   Próximo >
 
Desenvolvido por BLPilla