I n í c i o arrow S e m i n á r i o s · M é d i c o s arrow Fraturas da Pelve
21 de agosto de 2018
Menu Principal
I n í c i o
O · P r o f i s s i o n a l
I n f o r m a t i v o s · M é d i c o s
S e m i n á r i o s · M é d i c o s
Info. às Pessoas Portadoras de Deficiência
E S P E C I A L : B I O É T I C A
W e b · L i n k s
E n t r e · e m · C o n t a t o
B u s c a r · n o · S i t e
Login
Nome de Usuário

Senha

Lembrar login
Esqueceu sua senha?
Usuários Online
 Nós temos 86 visitantes online
Fraturas da Pelve Imprimir E-mail
Autoria de Dr. Luiz Gonçalves Pinto   
19 de fevereiro de 2012

Serviço de Ortopedia e Traumatologia - SOT

Dr. Luiz Gonçalves Pinto


GENERALIDADES

  • São 3% das fraturas
  • Nos jovens decorrem de trauma de alta energia com lesões instáveis associadas à outros órgãos
  • 75% apresentam algum tipo de hemorragia sendo que nos pacientes hemodinamicamente instáveis é de 90%, podendo sequestrar até 4 litros de sangue no retroperitônio

< Anterior   Próximo >
 
Desenvolvido por BLPilla